Imagem de divulgação do Debate sobre criatividade
(Reprodução/Facebook)

Criatividade. Há muito mais sentidos e significados por trás dessa palavra do que sugere o senso comum. Não podemos relacioná-la somente à expressão artística ou a uma habilidade especial e específica. Cada vez mais, ela é considerada ferramenta crucial para que crianças e jovens valorizem não apenas suas ideias, mas também as maneiras de encarar a realidade e solucionar problemas. É com base nesse olhar que surje o evento “Criatividade: outros mundos são possíveis”. O encontro é organizado pelo programa Escolas Transformadoras, iniciativa realizada no Brasil pela Ashoka e pelo Instituto Alana. Ele acontecerá no dia 20 de agosto, às 19h, em São Paulo, com transmissão ao vivo pelo Facebook do programa.

Criatividade: outros mundos são possíveis

A poeta e filosofa Viviane Mosé é uma das convidadas para o debate. Além dela, haverá também a presença de Alemberg Quindins, músico, educador e empreendedor social reconhecido pela Ashoka. A abertura do evento contará com o pré-lançamento da Série de TV Escolas Transformadoras, com direção do Cacau Rodhen e produção Maria Farinha Filmes.

Na educação, a criatividade aparece nas Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Básica, por exemplo. Ela a cita como componente da sensibilidade integrada à racionalidade. E também na BNCC, que a elenca como elemento de uma das dez competências gerais da educação básica. Mas como incutir essa ferramenta tão importante no cotidiano das pessoas e da vida em sociedade? Mediado pela empreendedora social reconhecida pela Ashoka e coordenadora da Incubadora de Esportes e Cidadania do Instituto Formação, Diane Sousa, o encontro terá a participação da filósofa e poeta Viviane Mosé, e do educador e empreendedor social Alemberg Quindins.