Fundo Voar: fotografia de um jovem sorrindo, encostado em uma parede, com os braços abertos, os olhos fechados. Na parede, há um grande desenho de asas. Na parte inferior, há o texto "Educar é dar asas... encoraje esse voo!".
(Reprodução/Facebook Fundo Voar)

Tudo começou quando 54 jovens foram selecionados para fazer parte da primeira turma do Programa de Formação de Lideranças, Ensina Brasil, em Janeiro de 2017.  Essa iniciativa busca dar oportunidade para que jovens comprometidos com a melhoria da educação brasileira possam atuar como professores em escolas públicas. Muitas vezes, essa participação inclui a mudança de cidade. E é nesse momento que os problemas financeiros surgem… Imagine ser jovem, se mudar para uma nova cidade e um novo estado. E sem possuir família ou amigos para dar um suporte inicial nesta transição.

LEIA MAIS: 5 pessoas e projetos para ficar de olho em 2019

Neste cenário, alguns destes professores criaram, em 2017, o Fundo Voar. Pondo em prática um dos seus valores, “Tudo no seu nome”, o projeto busca conectar essas pessoas comprometidas a transformar a educação brasileira. N esperança de que, um dia, todos poderão fazer a diferença na educação básica. Desta forma, eles assumiram a responsabilidade de reduzir os impactos que encontraram durante o período de mudanças. Assim, garantindo uma experiência ainda melhor para os professores que ingressariam na próxima turma.

O Fundo Voar

Laís Brandão (Presidente), Patrícia Borges (Diretora de Operações) e Veruska Nogueira (Diretora de Finanças) são da turma de 2018 do Ensina Brasil. Juntas, elas decidiram dar continuidade a esse projeto tão importante e manter vivo o legado deixado pelos seus colegas.

VEJA TAMBÉM: Aplicativo TutorMundi já tirou mais de 15 mil dúvidas de alunos da educação básica

É através das doações de pessoas que acreditam na causa (chamados de Entusiastas) que eles disponibilizam empréstimos sem incidência de juros para estes professores (os Voantes). Desta maneira, eles podem focar em suas práticas docentes, gerando impacto na vida dos alunos de escolas públicas brasileiras. Afinal, eles acreditam que a profissão docente precisa e deve ser valorizada entre jovens. E que dar apoio e criar conexões são essenciais para que isto aconteça.

Quer ajudar?

Na Campanha 2017-2018, “O Poder da Ajuda”, foram arrecadados 30 mil reais. A quantia foi alocada para 13 Ensinas de 3 cidades diferentes. Esses empréstimos garantiram a segurança financeira que esses jovens precisavam para ingressar na carreira docente. Assim, eles podem impactar a vida de cerca de 300 alunos, cada um.

Agora, a Campanha 2018-2019, “Ninguém Voa Só”, já começou e vai até o início de fevereiro. A meta de arrecadação é de 35 mil reais. Esse valor vai garantir que mais jovens permaneçam no programa e iniciem suas carreiras como professores. Você pode ajudar esse projeto através do site do Fundo Voar, na sua página no Facebook e também diretamente através do
PayPal ou conta bancária.