Imagem da professora em frente ao quadro negro, usando o pé esquerdo para escrever na lousa.
(Reprodução/Catraca Livre)

Patcharamon Sawana é uma tailandesa que superou todos os obstáculos impostos por uma deficiência. Durante muitos anos ela foi impedida de frequentar a escola porque, onde ela mora, pessoas com deficiência não podiam estudar. Ela só conseguiu reverter essa situação e frequentar uma escola depois de uma alteração na lei, quando ela já tinha 20 anos. 

E, mesmo após tudo ela se tornou professora e hoje surpreende todos. Ela se tornou professora e escreve com os dedos dos pés por não ter os braços. “Ainda me lembro do meu primeiro dia de trabalho. Meus alunos ficaram espantados em me ver usando meu pé para escrever no quadro negro”, disse Sawana à BBC.

Professora e advogada

Atualmente, Patcharamon se formou em direito e sonha em exercer e viver disso. “Estou fazendo um exame de habilitação que me permitirá trabalhar na profissão. Quero poder pagar minhas contas sendo advogada para sustentar minha família e ensinar os outros”, conta.

Sobre sua condição física, ela afirma querer “romper com a norma social que os outros criaram para quem tem algum tipo de deficiência”.

Post com resumo e modificações produzidas pelo Caindo no Brasil da publicação “Mulher barrada em escola por não ter braços se torna professora”, pelo Catraca Livre. Leia a matéria original e na íntegra clicando no link.