Imagem de um jovem estudante na frente de um quadro verde, escrevendo números
(Divulgação)

Refletir sobre as práticas pedagógicas é essencial para melhorar cada vez mais a educação. Buscar novos conceitos, técnicas e formas de se comunicar com os estudantes é fundamental. Especialmente para que desenvolvimento educacional cresça em todos os níveis de ensino. Pensando na profissionalização dos professores da Educação Básica, o Colégio Anglo 21 está oferecendo cursos de formação profissional na Escola de Educadores 21.

O objetivo da iniciativa é promover a reflexão sobre as práticas pedagógicas que desenvolvem um olhar investigativo e participativo dos alunos. Além de estimular um olhar questionador e inovador do professor sobre os processos de ensino e de aprendizagem. Os temas do curso estão alinhados com as novas regras da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Especialmente sobre alfabetização (escrita e leitura), alfabetização corporal e ao ensino dos números. São três cursos diferentes que acontecem no mesmo período:

Como ler e escrever antes de saber ler e escrever convencionalmente?

Como ler e escrever antes de saber ler e escrever convencionalmente? O trabalho com diferentes modalidades de ensino a favor da alfabetização. Esse curso tem como principal objetivo refletir sobre as propostas didáticas que estão a serviço da apropriação da escrita alfabética. Ele será ministrado pela pedagoga Giulianny R. Marinho, formada pela Universidade de São Paulo. Ela e especialista em alfabetização pelo Centro de Estudos da Escola da Vila e mestranda do programa “Escritura y Alfabetización” da Universidad Nacional de La Plata – Argentina.

Oficinas do jogo: teoria e prática da alfabetização corporal

O curso objetiva instrumentalizar para o trabalho com o jogo como um poderoso recurso pedagógico no processo de alfabetização corporal das crianças da educação infantil e do ensino fundamental. O doutor em Pedagogia do Movimento Humano pela EEFE – USP – SP, Fabio Luiz D’Angelo, ministrará as aulas.

O ensino dos números e do sistema de numeração no Ensino Fundamental I

O objetivo desse curso é refletir sobre as condições que as propostas de ensino precisam reunir para colocar a criança em uma posição de crescente domínio desta ferramenta cultural. Durante o curso serão analisadas sequências didáticas que possam ser implementadas nas salas de aula. Além das habilidades elencadas na última versão da Base Nacional Comum Curricular. A responsável por ministrar o curso é Ana Clara Bin. Ela é pedagoga, mestre em didática, teorias do ensino e práticas escolares pela Faculdade de Educação da USP. Além disso, ela é e coordenadora o Ensino Fundamental do Colégio Anglo 21.

As aulas acontecem entre os meses de agosto e setembro, e as inscrições podem ser feitas até o dia 23 de agosto pelo site da Escola de Educadores. Todos os cursos têm 12 horas de duração e acontecem no dia 25 de agosto e 22 de setembro no Colégio Anglo 21, localizado na Rua Comendador Elias Zarzur, 301, São Paulo. O valor é de R$ 630,00 e contempla as aulas e o material utilizado, além de contar com certificado digital. Educadores de escola pública têm 50% de desconto, e educadores e parceiros da rede Somos Educação têm 30% de desconto.