Estão abertas as inscrições para o Programa Missão Pedagógica no Parlamento 2019. Promovido pela Câmara dos Deputados, é uma capacitação em educação para democracia. Ele é destinado a professores regentes, coordenadores, orientadores pedagógicos e diretores de escolas públicas. O processo seletivo está aberto até dia 3 de dezembro.

O programa

O Missão Pedagógica no Parlamento é dividido em dois módulos: Encontro Presencial de 40 horas, que será realizado em Brasília, e Módulo de Aplicação na modalidade de educação a distância, de 50 horas.

O programa contempla duas trilhas de aprendizagem:

  1. Conhecendo o papel do Poder Legislativo para a democracia. Isso oportuniza o aprendizado sobre cidadania, política, democracia e Poder Legislativo de forma contextualizada e reflexiva.
  2. Atuando como agente de educação para democracia na escola. Isso oportuniza o aprendizado de conceitos e metodologias para a atuação como agente de ações de educação para democracia nas comunidades escolares.

Missão Pedagógica no Parlamento

O Encontro Presencial aborda conhecimentos relacionados à democracia e representação. São estudados tópicos como processo de produção das leis, participação do cidadão, conceitos de educação para democracia e letramento político. Também é debatido o papel da escola para a formação democrática e cidadã, e experiências de projetos pedagógicos de intervenção inspiradores.

A Câmara dos Deputados arca com as despesas de transporte, hospedagem e alimentação para a participação dos selecionados no Encontro Presencial, em Brasília.  Já no Módulo de Aplicação, são abordadas a construção e a aplicação de projetos pedagógicos de educação para democracia no contexto escolar.

Seleção

O ingresso no Missão Pedagógica no Parlamento 2019 se dá por meio da participação no curso “Educação para Democracia e o Parlamento”. São oferecidas 16 vagas por estado, totalizando 432 vagas. A inscrição no curso é feita por formulário eletrônico e as vagas são preenchidas por sorteio.

Participarão do Programa Missão Pedagógica no Parlamento os 54 educadores com melhores desempenhos no curso a distância. São dois participantes por estado.

Os requisitos para inscrição no processo seletivo são:

  • estar atualmente trabalhando como professor regente, coordenador, orientador pedagógico ou diretor escolar dos Ensinos Fundamental e/ou Médio em escola pública
  • apresentar Termo de Ciência e Ateste da escola ou Secretaria de Educação e não ter participado de nenhuma edição do Programa Missão Pedagógica no Parlamento

Certificado de participação

Os educadores que concluem o programa com êxito recebem certificado emitido pelo Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento da Câmara dos Deputados (Cefor) com carga horária de 130 horas. Os educadores que forem aprovados no curso “Educação para Democracia e o Parlamento”, mas não forem selecionados para participar do Missão Pedagógica no Parlamento, receberão certificado com carga horária de 40 horas.